Pular para o conteúdo

A Desidratação Provoca Mal Humor

Resultado de imagem para Desidratação

A Desidratação Provoca Mal Humor

Não só a fome pode causar mau humor. A desidratação, mesmo quando é leve, você pode alterar o humor, a vitalidade e a capacidade de pensar com clareza.
Dois estudos realizados pela Universidade de Connecticut, e o Instituto de Pesquisa de Medicina Ambiental do Exército dos Estados Unidos, concentraram-se nas conseqüências físicas e psicológicas da desidratação. De acordo com os responsáveis do estudo, a sensação de sede não aparece até que as pessoas são de 1% a 2% desidratadas. Os resultados revelam que, então, a desidratação já começa a impactar o desempenho mental e físico.

Um grupo de pesquisadores trabalhou com mulheres de cerca de 25 anos, enquanto o outro realizou a pesquisa com homens de cerca de 20 anos. Todos os voluntários estavam saudáveis e fazem atividade física regularmente.
Submeteu-Se aos participantes a 24 horas de privação de líquidos", onde só podiam ingerir água durante os testes de controle, além disso, foi solicitado aos participantes que realizassem atividade física. Em seguida, foi realizada uma série de testes que mediam fatores como a concentração, o nível de alerta, tempo de reação, memória, raciocínio e estado de ânimo.

No caso das mulheres a desidratação ligeira causou dores de cabeça, cansaço e dificuldade para se concentrar. Além disso, as voluntárias perceberam que as tarefas eram mais difíceis. Nos homens, a falta de líquido gerou dificuldades para realizar determinadas tarefas mentais, cansaço, ansiedade e alterações de humor.
Os resultados do estudo demonstram que mesmo que a desidratação leve, que pode ocorrer durante as atividades do dia a dia pode afetar a forma como nos sentimos, especialmente no caso das mulheres, que parecem ser mais sensíveis aos efeitos da desidratação.

Estas mudanças adversas no clima podem afetar a motivação necessária para se empenhar nos exercícios, mesmo moderados. A desidratação também pode interferir em outras atividades diárias, mesmo quando não há nenhuma demanda de atividade física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *